Oser humano, por causa de suas extraordinárias faculdades (imaginação, criatividade,...) esta destruindo o equilibrio natural vital por ter se atribuido um outro papel.

Ele gasta os seus esforços extraindo os recursos naturais do planeta e transformando os de tal maneira que os mecanismos naturais de assimilação dos residuos são obrigados a se modificar (desertificação, mudanças climáticas,...) Ele não respeita mais a química do globo e não participa mais do intercambio eqüitativo.
Estariamos nós tornando celulas cancerigenas roendo insidiosamente a vida do planeta ? Se for o caso, nós começamos a tomar conhecimento pois atingimos uma fase crítica.

A complexidade de nossos processos de produção aumenta os riscos sem que nós tenhamos sempre plena consciência disso. Nós já provocamos muitas catástrofes ambientais e continuamos perturbando esse frágil equilibrio. Outras, ainda desconhecidas poderiam acontecer (quais são as consequências das manipulações genéticas usadas pela agricultura industrial ?; o que provocam realmente os agrotóxicos ?; quais serão as consequências das mudanças climáticas ?; uma biodiversidade reduzida não seria um risco ?...) O ser humano, graças a sua tecnologia modifica hoje as regras que permitiram que um pequeno planeta de um sistema solar periférico na Via Lactea seja um reservatório único (até a prova do contrario) de vida. Mesmo se a Terra não é o único planeta abrigando vida, não é razoavel acreditar que poderemos alcançar um planeta similar no futuro, devido as imensas distancias existantes no universo.

Três aspeitos parecem ser fundamentais por causa dos seus poderes multiplicadores do problema :

Nós não só produzimos em grande quantidade residuos dificilmente assimiláveis pelo meio ambiente (segundo os principios de este frágil equilibrio que permitiu o surgimento da vida), nós destruimos tambem os organismos capazes de reciclar. É o caso das florestas que extraiem o carbono do CO2 e libertam o oxigénio. Nossa produção de CO2 é enorme e nós diminuimos a extensão das florestas, o que provoca um crescimento perigoso de gaz de efeito estufa responsável em grande parte pelas mudanças climáticas geradas pelo aquescimento global.

Neste equilibrio, cada espécie tem seu papel. O homo sapiens exclui-se da comunidade do vivo por causa de sua pretensão a superioridade absoluta sobre as outras espécies. Mas deveriamos participar deste processo natural responsável por nossa existência e não o explorar de forma tão destrutora. A destruição que nós provocamos nos levará com ela, a menos que nós transformamos nosso humano-centrismo numa atitude respeituosa da vida.






intro
quem ?
meta
leituras
contatos
Nosso impacto no meio ambiente
Nada causa tanta destruição como a obsessão de uma verdade considerada como absoluta.
Jacob François
partager